Cresol firma parceria com a Finep em ato na Expodireto Cotrijal

Empresa pública tem recursos voltados à área de inovação e tecnologia

A Cresol firmou, nesta quarta-feira (04), uma parceria com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). O ato e a assinatura do memorando de entendimentos foram realizados na Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque (RS).

A Finep, agência pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, foi recepcionada no estande da Cresol por Cledir Magri, Presidente da Cresol Confederação, Volmir Oldoni, Diretor Financeiro da Cresol Sicoper, e Bráulio Zatti, Diretor de Negócios da Central SC/RS.

Alberto Dantas, Diretor de Inovação, e João Florêncio, Gerente do Departamento Regional do Sul, representaram o órgão federal no ato de assinatura.

Com o acordo, a Cresol se credencia como agente financeiro para repasses voltados a iniciativas de ciência, tecnologia e inovação. Os recursos da Finep estão distribuídos em diferentes programas de crédito e as Centrais do Sistema se cadastrarão para a operacionalização dos recursos.

Presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri destacou a rápida evolução das conversas com a Finep e a possibilidade de oferecer uma nova alternativa de fonte de recursos aos cooperados do Sistema

“As tratativas começaram através da área de crédito da Central SC/RS, que levou o tema para ser debatido de uma maneira sistêmica e, hoje, estamos assinando um acordo de cooperação. Nosso grande compromisso é oferecer diversidade aos nossos cooperados e esse convênio vai ao encontro da necessidade do nosso quadro social, uma convergência do que a Cresol faz e do que a Finep disponibiliza”, disse Magri.

Para Alberto Dantas, Diretor de Inovação, a Cresol poderá atender um público que a Finep atualmente tem dificuldade.

“Estamos sem dúvidas começando a relação com um grande parceiro, que é a Cresol. Nosso viés não é comercial, é social, voltado para a inovação. E dentro da Expodireto percebemos o desenvolvimento do agronegócio. Contamos com a Cresol para isso, porque eu acredito na força do cooperativismo como grande ferramenta”, finalizou.